quarta-feira, 3 de julho de 2013

VOCE SABE O QUE É IFA? QUAL CAMINHO A PERCORRER?

O que é Ifá?

Ifá é pouco conhecido no Brasil, particularmente falando ele é o porta voz de Olodumare. Olodumare criou Ifá para dar instrução aos seres humanos e Orisa. Orunmila é um profeta histórico e importante deidade, dotado de grande sabedoria e é administrador das divindades. Orunmila têm vários nomes em terras yorubá, este se nome a principio significa: O céu sabe quem irá ser salvo. Ifá é uma palavra que saiu da boca de Olodumare, sendo que se denota Ifa e Orunmila sendo um ser místico, as duas palavras tendo o mesmo significado, isto explica no Odu Ifá Otua Meji.

Existem dois caminhos a percorrer para conhecer o sagrado: Conhecer o Ifá por completo estudando suas diretrizes, passando por uma iniciação ou não. Vou citar aqui dois caminhos a percorrer: ise`fa e ite`fa.

Isefá se for traduzir ao pé da letra significa: isé-ifa (força de Ifa). Quando fui à Osogbo, vi como Isefa seria feito, encontra-se o mesmo sentido e mesmo ritual em Oyo, Sagamu, Ede entre outras cidades. Isefa o iniciado recebe owo Ifá okan (primeira mão de Ifá). Ao contrário que muitos Awo dizem e fazem aqui no Brasil, no ISEFÁ não existe:
1) Igbadu (cabaça do destino), o novo iniciado não chegará até Odù.
2) Odù pessoal, que é aquele que nos dá um EEWO (tabus) e sabermos que devemos fazer e cuidar do nosso destino.
3) EGAN ou ikodide: Somente quem vê Odù (Olofin, orisa místico) pode possuir EGAN, que é a força de um novo omo awo, um sábio.
4) Mariwò - Folha de IGI OPE onde Ifá é conhecido também como OPE, onde ele veste um novo iniciado que pode obter seus segredos.

Isefá normalmente muitas pessoas procuram para ter mais conhecimento sobre a vida e seu pessoal, sendo que o novo iniciado consegue aprender com seu Babalawo a controlar seu caráter, ter mais paciência, saber ver mais o certo e o errado, saber se defender e principalmente, organizar de uma maneira mais fácil sua vida. O OMO IFÁ, aprende também como cuidar dos ikin (caroços de dendê), de maneira que seu Ifá o permitir. Seus ikin não devem ter menos que 4 olhos, Ifa que tem ikin com 3 olhos é chamado de EKURO, uma grande proibição.
Alguns destes omo Ifá querem chegar a ter seu destino traçado, e assim devem passar pela selva sagrada (igbodu). Outros já preferem chegar diretamente a ODÙ sem ter que fazer ISEFA, não há regra para isto porque isto é uma escolha INDIVIDUAL e não apenas uma REGRA.

Na cerimônia chamada ITEFA, o iniciado passa por alguns sacrificios (ebó) chamado de Ifa Adawomi (primeiro ritual), para controlar e adequar sua energização antes de entrar na selva sagrada que chamamos de IGBODU. Depois de alguns dias, ele(a) reconhece seus tabus (Eewo) através do seu odu (destino) e o caminho a ser trilhado (ritual chamado de ita). Existem pessoas que apenas iniciam-se a este ritual somente para melhorar sua espiritualidade e sua vida, deixando de lado os estudos e levando sua vida na maior normalidade. Este tipo de iniciado é chamado de awo asose e existem também aqueles omo awo Ifá chamados awo elegan, a qual Orisa Odù permite somente realizar ebó, e não iniciar outrém a Ifa ou Orisa. O novo iniciado que quer passar por treinamento no iko ate, ele deve estudar muito, que para alguns demora anos, normalmente cerca de 10 anos e, para outros que trabalham muito com a sua memória isso pode durar até menos que 5 anos. Este Awo Ifá passará por muitos testes na vida, e será sempre supervisionado por seu Ojugbona (o Babalawo de ensinamentos), para que ele não cometa erros durante os rituais a serem realizados.

Para ser Babalawo não precisa de tempo e nem idade, e sim reconhecimento avistado por Odu Igba Iwa (Odu) e pela comunidade de Babalawo. Portanto, o ritual de itefá/itelodu é importante para saber o destino de cada pessoa, além de mudar ou concertar o destino do iniciado, o ritual chamado itefá serve de impulso para o iniciado aprimorar por toda sua vida, os seus estudos e suas práticas religiosas. Ao contrário do que muitas pessoas dizem sobre o que e quem pode ser Babalawo, uma pessoa é um verdadeiro Babalawo apenas pelo fato de saber responder questões ao que Ifá permite e seu Oluwo e Ojugbona o aprovar através de Odu (orisa mistico).

O Babalawo treina a vida toda, desde os ese ifa (corpus literários) até Iyere (corpus de Ifá designados por sua voz), rezas tais como oriki, adura, igede, ofó (para fazer medicinas). Ele utiliza vários instrumentos adivinatórios e os mais conhecidos são opele ifá (rosário) e ikin ifá (caroços de dendê).

Em todo templo de Ifa existe uma hierarquia a ser respeitada:

1) Oluwo - chefe maior dos omo awo do templo de Ifá;

2) Ojugbona - Este é o omo awo que ensina outrem os caminhos trilhados dentro do culto a Ifá, braço direito do Oluwo;

3) Amosun Ifá - Este cargo preserva-se para aquele que carrega o Opa Osun (bastão sagrado). Quando o Ojugbona não está presente no templo, é o Amosun que fica a frente de todos os rituais.



Site Oficial: www.ifabrasil.com.br
Radio Web: www.radioifabrasil.com.br
Blog da Radio: www.radioifabrasil.blogspot.com.br
Facebook: www.facebook.com/RadioIfaBrasil
Comunidade Google: https://plus.google.com/u/0/communities/100608788179172918252


Ifa Brasil, conectando você com os ancestrais!
IFADAYO ORISATALABI ADETOOYANGAN ELEBUIBON